Anuncie Aqui

Cida Moraes: do Big Brother Brasil para uma nova vida!

A ex-BBB Cida Moraes opina sobre as mudanças do programa desde a sua participação e conta como soube aproveitar as oportunidades que surgiram

A participante da 2ª edição do Big Brother Brasil, Cida Moraes, entrou no programa em um momento turbulento da sua vida.

Hoje, a ex-comissária de bordo tem outra realidade. Casou-se em Israel em uma cerimônia reservada com o empresário Daniel Chinicz, de um modo bem diferente da exposição que viveu durante o confinamento.

Durante o Gente Carioca, entrevistando o ator Marcello Novaes

Mudou fisicamente e profissionalmente. Aos 54 anos, ela comanda o programa “Gente Carioca”, da NET/Rio, além de participar de espetáculos de canto.

Segundo a ex-BBB, o reality show abriu portas que ela jamais esperava viver.

Nós, do Em Destaque Online, conversamos com a Cida para conferirmos mais sobre como é participar do programa e o que mudou depois dessa oportunidade.

Confira!

 

Em Destaque Online – Como foi a experiência de fazer parte da história do BBB?

Cida Moraes – Participar do Big Brother foi uma experiência ímpar porque, sinceramente, eu não esperava muito da minha vida.

Eu estava em um momento muito confuso, minha irmã tinha câncer e eu precisava ganhar dinheiro.

Eu era comissária de bordo e a chance que eu tive foi participar desse reality show. Foi muito bom para mim!

EDO – Você já tinha vontade de entrar no programa ou foi algo que simplesmente aconteceu?

CM – Não era minha pretensão e, até então, eu era comissária. Mas precisei deixar a empresa, pois ela faliu. Então,

fiquei desgostosa de permanecer nessa profissão.

Tanto que após a minha saída, eu me dediquei mais a ser atriz, algo que fui procurando naturalmente.

EDO – O que mudou assim que você saiu da casa?

Hoje ela se dedica aos cursos de teatro e canto

CM – Minha vida depois do programa foi tendo uma velocidade que eu não tinha nem ideia.

Assim que saí da casa eu já recebi um convite para participar de um espetáculo e depois fui produzir outro.

E, desse modo, fui caminhando. Fiz workshops, cursos e fui me aperfeiçoando na minha carreira. Fui indo e indo.

Quando me dei conta eu já estava à frente do programa “Gente Carioca”, que me proporcionou uma abertura ainda maior de crescimento na carreira.

EDO – Podemos dizer que o programa te permitiu seguir um caminho que você não esperava?

CM – Totalmente!

Tanto que em 2002 eu já participei de um projeto que mistura versos e canto e posso dizer que mesmo começando muito timidamente, me apresentei como uma “cantriz”.

Também fiz um show de entretenimento no Barra Square, que foi bem legal, também cantando.

Esse ano de 2018 promete, tanto que já tenho um show marcado para o dia 28 de abril, no Copacabana Praia Hotel, e a gente está indo.

A vida não para, por isso precisamos ter o “feeling” de ir e no caminho certo.

EDO – Como você aprendeu a lidar com o fato de ter fãs?

Realizada, Cida Moraes conta que busca aprender mais a cada dia

CM – É primordial ter o feedback deles.

E eu fico muito feliz por desde 2002 ter conquistado esses fãs e possa contribuir dando informações ricas.

Busco sempre aprender mais e, com isso, consegui uma participação com o Milton Gonçalves.

Sempre que posso procuro melhorar com quem sabe.

Penso assim: na realidade eu não sei nada e aprendo todos os dias com as aulas e nunca deixo de buscar crescer.

Não vou atrás do sucesso, mas daquilo que me faz feliz!

EDO – O que você vê de diferente das edições atuais da que você participou?

CM – Na época em que eu participei não existia rede social e hoje isso já modifica tudo. Quando você entra no BBB você já entra com fãs, com assessoria de imprensa e na minha época não tinha nada disso.

E a tecnologia pode ou não ser favorável.

Por esse ponto, se você “está bem na fita”, okay, maravilhoso. Caso contrário, já te arrasa de uma vez.

E o confinamento é difícil, porque ninguém sabe o quanto é complicado não poder falar ao telefone ou ver que horas são.

É fora do padrão, deixa você um pouco atônica!

EDO – Como é o BBB no comando do Thiago Leifert, sendo que por muitos anos ele teve “a cara” do Pedro Bial?

CM – Sinceramente, falando sobre isso, o Thiago tem o seu valor, mas não tenho a dúvida de que o programa tem a cara do Bial. Isso é inegável.

O talento e o carisma que ele tem para que as pessoas fiquem ouvindo o que ele diz são únicos.

Ele é um poeta, um profissional maravilhoso, então, não há como comparar.

Mas como na vida tudo se readapta e se reinventa, eu acho que é válido o Thiago entrar nessa história.

EDO – E como é hoje ser a Cida “ex” BBB?

Entrevistando o ator Déo Garcez

CM – Depois do programa a minha vida está sendo maravilhosa, agora em 2018 estou fazendo aulas de canto, estou aprendendo a me colocar como uma intérprete, enfim…

Aliás, eu acho que a gente nunca para. Precisamos sempre nos reinventar e, até por isso, esse programa pra mim foi muito bom.

Quando eu perdi o meu emprego eu tive outras opções, coisa que os meus colegas de trabalho e outros comissários de bordo não tiveram.

Agradeço bastante essa oportunidade!

Serviço:

Programa Gente Carioca: SUPERVIDEO Produtora

Cida Moraes deixa um recado para os nossos leitores!

 

Gostou? Compartilhe nas suas redes sociais!

Hits: 451




6 thoughts on “Cida Moraes: do Big Brother Brasil para uma nova vida!

  1. Raphael Menezes

    Não acredito que esse programa abra tantas portas. Quantos que passaram por lá não deram em nada depois?

    Reply
  2. Camila Motta

    Cida Moraes foi a mais marcante no BBB. Foi genial, marcou uma época no programa. Até hoje se lembram dela. Um amor de pessoa.

    Reply
  3. Carlos Barbosa

    Gosto do programa é muito dela. Agora vi vários vídeos dela no YouTube. Ela apresenta um programa na TV a cabo. Na NET.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *