Anuncie Aqui

Divórcio: 5 dicas para garantir um processo tranquilo

Especialista ensina como passar pelo divórcio de uma maneira branda e como lidar com o período pós separação

Ninguém casa para se separar, entretanto, a independência das mulheres, as redes sociais aliadas às desconfianças e outros fatores são apontados como alguns motivos do aumento de divórcios.

Casais que vivem em conflito devem buscar o diálogo e ajuda profissional antes de optar pelo divórcio

Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), um em cada três casamentos realizados no Brasil acaba em divórcio.

Ainda de acordo com o levantamento, o tempo médio de união é de 15 anos.

Divorciar-se não é fácil, principalmente por conta dos desconfortos gerados pela separação.

Além das burocracias a serem enfrentadas e, em alguns casos, os filhos dificultam a decisão.

Pensando nisso, o advogado Marcelo Rodante, especialista em direito de família, listou cinco dicas para fazer com que esse processo seja mais leve.

Como passar pelo divórcio de modo mais brando?

1 – Um divórcio pacífico requer respeito mútuo

Independente de como o relacionamento tenha terminado e dos sentimentos que você tenha pelo (a) ex, o respeito sempre deve prevalecer para ambas as partes.

2 – Assuma seus erros e não procure um culpado 

Assumir os erros é importante para entender o divórcio

Você pode culpar seu cônjuge pelas coisas que ele ou ela fez de errado, mas lembre-se de considerar que todo relacionamento tem duas pessoas.

Portanto, ao invés de culpar apenas o parceiro, procure refletir sobre coisas e atitudes suas que contribuíram para o fim do casamento.

Assuma os seus erros, por mais difícil que isso possa parecer.

3 – Pare de buscar compreensão do (a) ex

Aceite que seu ex pode não compreender sua atitude ou ponto de vista e pare insistir para que isso aconteça.

O divórcio é um momento difícil e é normal que ambas as partes fiquem fragilizadas.

Compreensão, perdão e convivência pacífica acontecem com o tempo.

4 – Não busque defeitos no parceiro

Evite intrigas e entenda que uma relação mais branda vem com o tempo

Terminar um relacionamento não é fácil, mas fica pior ainda se buscarmos defeitos que até então o parceiro não tinha.

Cada pessoa tem um jeito de agir e lidar com situações negativas.

Entretanto, transformar as mágoas em defeitos e apontá-los ao outro chega a ser injusto com ambos.

É necessário e mais saudável pensar que o relacionamento deu certo durante um período.

Então, dali em diante, o melhor a fazer foi optar pela separação.

5 – Busque apoio e orientações de um advogado

Procure um advogado especialista em direito de família.

Cabe a ele orientar cada uma das partes, conduzir o processo e evitar situações embaraçosas ou desconfortáveis entre o casal, além de facilitar acordos.

Gostou? Compartilhe nas suas redes sociais!

Hits: 57




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *