Anuncie Aqui

Saiba o que é preciso para não perder a cabeça no meio do processo de coach!

Renata Tolloti, coach e especialista da área, dá conselhos para que as pessoas não se percam durante essa transformação

Texto: Renata Tolotti/Revisão: Priscilla Silvestre

Não importa o caminho que você escolheu, comunicar que você agora é coach é muito importante.

Se você optou por continuar em seu antigo emprego ou decidiu jogar o chapéu para o outro lado do muro, se obrigando a pular em nome das oportunidades, independente desses fatores é necessário divulgar o que você quer fazer.

Vídeos são uma ótima maneira de contar casos e explicar o seu trabalho, é certamente uma exposição positiva. A timidez não pode ser algo prejudicial, pois seria um tiro no próprio pé.

Renata Tolloti dá dicas de como otimizar a sua transformação em coach

Tente explicar ao seu público o que é coaching, crie provas sociais e se você ainda não tem, busque em outros exemplos.

Informe para as pessoas como o processo muda vidas com aplicações reais e fale sobre situações que aconteceram em sessões, sem citar nomes, assim como as resoluções que o processo levou.

Em um primeiro momento, comunique às pessoas com as dores gerais, mas não se preocupe se vai ou não haver engajamento.

Fale sobre dores reais, seja sincero com o que você sente e o público que se identifica com suas propostas vai parece de forma natural.

Peça depoimento para seus clientes: soa como uma indicação quando alguém que passou pelo seu processo fala sobre você.

Não importa se for por escrito, áudio ou vídeo: use isso nas suas redes sociais para aumentar ainda mais a sua visibilidade.

Inicialmente, talvez não vá ter um videomaker para ajudar na gravação e edição de vídeos, nem uma equipe de comunicadores te ajudando com estratégias, roteiro e a melhor forma de se lançar, mas com as ferramentas que você possui já pode começar.

Use seu celular, procure um ponto com uma boa iluminação, pouco ruído e não é necessário ser perfeito mas precisa ser feito.

Existem diversos canais na internet que ensinam a fazer vídeos caseiros com melhor qualidade, programas de edição de imagem e criação de peças publicitárias, não é o ideal, eu sei, mas é o que você pode fazer no momento.

Ser coach é unir diversas funções em uma só pessoa: você!

Entender que em muitos momentos terá que colocar o chapéu do publicitário, do videomaker, do financeiro, do estrategista, do gestor e talvez até faxineira.

Não se limite profissionalmente, faça exatamente o contrário e busque aprender através destas posições alternativas.

Aumente a sua audiência participando de atividades da sociedade em que você vive, faça parceria com instituições e entidades para dar palestras, nem que seja de graça, e não tenha vergonha de falar em público.

Palestras criam um engajamento que é essencial para o seu crescimento.

Caso não saiba sobre o que falar, você pode procurar por assuntos na apostila da sua formação ou ensinamentos de palestrantes que você gosta.

Se você só sabe o básico, se prepare da melhor forma que puder e sempre espere que alguém da plateia veja sentido no que você diz.

Lembre-se de que o pouco que você sabe pode ser muito para os outros.

Capte o máximo de informação sobre o seu público para um lead detalhado: sempre que puder pegue os contatos, e-mails, região em que vivem e, especialmente, as dores deles, pois o trabalho é justamente ajudá-los.

Estipule quantos vídeos e posts serão feitos semanalmente, quantas prospecções de clientes e parcerias irá realizar e, assim, você estará saindo de um estado de inércia para um estado de ação muitíssimo organizado e eficiente.

Esse é o 1º de 2 textos escritos por Renata Tolotti com dicas sobre coach. Não perca o próximo nessa quinta-feira, dia 1º de fevereiro!

Gostou? Compartilhe nas suas redes sociais!

Hits: 115




One thought on “Saiba o que é preciso para não perder a cabeça no meio do processo de coach!

  1. Ronaldo Miratto

    Estou entrando nesse universo agora e achei essas dicas maravilhosas. O peso de ser coach é grande e realmente a gente acaba se perdendo no meio de tantas informações. Mas uma coisa que aprendi na prática é que a organização é tudo nessa área!

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *